Esse campo obrigatório não poderia ficar em branco.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Nostalgia


Acordei hoje com tal nostalgia de ser feliz. Eu nunca fui livre na minha vida inteira. Por dentro eu sempre me persegui. Eu me tornei intolerável para mim mesma. Vivo numa dualidade dilacerante. Eu tenho uma aparente liberdade mas estou presa dentro de mim.

Clarisse Lispector.

7 comentários:

  1. Querida...cada vez q passeio por aqui, me sinto mais proxima do q vc escreve! seguindo vc sempre...aparece lá no meu! bjo

    ResponderExcluir
  2. Clarice é muito bom! E os seus textos, excelentes! :D

    ResponderExcluir
  3. obrigada! fico feliz que gostem, de coração. O Sangue e solidão também é excelente! Lóry, não consigo acessar seu blog de maneira alguma, o que acontece? ;/

    ResponderExcluir
  4. "Por dentro eu sempre me persegui." Vivo isso!!! E não é fácil né?! ;~ Ótimo Gi, parabéns!
    E quanto ao texto que você gostou, pode postar sim! Sempre que quiser =) bjosss

    ResponderExcluir
  5. Olá... tudo bem?
    Vi seu Blog indicado no Orkut e gostei muito, de tudo.
    Estou virando seu seguidor, pois estarei sempre por aqui.
    Parabéns pelo trabalho e pelo bom gosto.
    Saudações,
    EDU (http://edurjedu.blogspot.com)
    Orkut http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=4691439143998052531

    ResponderExcluir
  6. Tem selo pra você no meu blog :) http://amargo-emeio.blogspot.com/

    ResponderExcluir